2013-02-28

As ilustrações formadas com papéis cortados de Eiko Ojala

Eiko Ojala é um ilustrador e design gráfico que mora na Estônia. Seus trabalhos são geralmente voltados a ilustrar revistas e livros. E esse não é o único contato com papel que Ojala tem. O artista tem uma série de ilustrações que misturam cortes e montagens de papéis, com algum desenho envolvido. O resultado são ilustrações com um grande senso de profundidade e muito interessantes.

Vejam as ilustrações formadas com papéis cortados de Eiko Ojala


eiko ojala ilustração cortes de papel Candyman

Candyman

eiko ojala ilustração cortes de papel Faminto por amor

eiko ojala ilustração cortes de papel Faminto por amor

Faminto por amor

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos

Retratos

eiko ojala ilustração cortes de papel Floresta

eiko ojala ilustração cortes de papel Floresta

Floresta

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos e perfil

eiko ojala ilustração cortes de papel Retratos e perfil

Retratos e perfil

eiko ojala ilustração cortes de papel Prevention

eiko ojala ilustração cortes de papel Prevention

Ilustrações para revista Prevention

eiko ojala ilustração cortes de papel Risco

Risco

eiko ojala ilustração cortes de papel Andando nas nuvens

Andando nas nuvens

eiko ojala ilustração cortes de papel Futebol - religião mundial

eiko ojala ilustração cortes de papel Futebol - religião mundial

Futebol - religião mundial

Imagens via site de Eiko Ojala. Dica via Beautiful/Decay - Eiko Ojala's Cut-Paper Illustration.

'Só eu estou incomodado com o sistema de som instalado pela empresa' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 28/02/2013, com um ouvinte que é o único a se incomodar com o novo som ambiente instalado.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Só eu estou incomodado com o sistema de som instalado pela empresa'

som ambiente

Um ouvinte escreve: "Trabalho em uma grande empresa de engenharia, com milhares de empregados, mas o meu local de trabalho é um escritório pequeno, de apenas oito funcionários e num prédio à parte. Por isso sinto-me como se fizesse parte de uma micro-empresa, porque o contato com o resto da organização é feito apenas através do nosso gerente. Faz um mês, e sem consultar ninguém, nosso gerente mandou instalar um sistema de som no escritório. E agora temos que ficar ouvindo música o dia inteiro. Nosso trabalho é técnico e exige muita concentração. E a música, em minha opinião, é um fator de distração. Conversei com meus colegas e alguns opiniaram que o som ajudava a passar o tempo, enquanto outros disseram que tanto faz. Só eu me sinto incomodado. O que posso fazer a respeito?"

Bom, a primeira solução, já que você não tem a maioria a seu lado para reclamar, seria você usar plugues de ouvido. Imagino que você até tenha pensado nisso, mas desistiu porque iria se tornar alvo de gozações dos colegas. Outra possibilidade seria você pedir transferência de setor, já que a empresa é tão grande. Se isso também não for possível, sugira que o volume seja mantido bem baixo. Ou, em penúltimo caso, já que o último seria pedir a conta, renda-se à opinião da maioria.

Cada empregado tem uma coisa que gostaria de mudar no local de trabalho: a cor da parede, a persiana, os móveis e, não raramente, o próprio chefe. Mas queixas só são levadas em conta quando são unânimes. Quando só um se sente incomodado, ele tende a exagerar cada vez mais no efeito que o incômodo lhe causa, até o ponto em que os demais não entendem o motivo para tanto desgosto. O agrupamento forçado de pessoas com temperamentos diferentes é o que faz as empresas serem o que são: laboratórios para testar a paciência individual em nome da convivência coletiva.

Max Gehringer, para CBN.

2013-02-27

Tecnologia e fantasia nas fantásticas ilustrações de Vincent, a.k.a. ptitvinc no DeviantArt

O artista francês Vincent, conhecido como ptitvinc no DeviantArt, produz fantásticas ilustrações. Misturando fantasia e elementos tecnológicos, a arte de ptitvinc se destaca por seus elementos cibernéticos, robôs gigantes, armaduras e armas futuristas e muita ação em combates épicos (temas tecnológicos são bem menos explorados, mesmo por artistas mais "prolixos" como Kekai Kotaki). Além disso, as imagens têm um clima soturno e sombrio, de mundo pós-apocalíptico distópico, em que ser presa ou predador pode depender apenas de um punhado de sorte.

Vejam as fantásticas ilustrações com tecnologia e fantasia de Vincent, a.k.a. ptitvinc no DeviantArt:


vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Criando uma criatura de pesadelo

Criando uma criatura de pesadelo

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Novo pesadelo robótico

Novo pesadelo

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia robô Saltando pela janela

Saltando pela janela

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Jogador de futebol americano futurista

Jogador de futebol americano futurista

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Guerra cibernética

Guerra cibernética

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Paladino biônico

Paladino biônico

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Viúva azul com espada

Viúva azul

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Organismo cibernético

Organismo cibernético

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Prisão do silêncio

Prisão do silêncio

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Colosso mortal

Colosso mortal

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Erradicação de dragões

Erradicação de dragões

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Robô gigante

Robô gigante

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Defesa mágica

Defesa mágica

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Manipulação fantoche humana

Manipulação

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Marra a fada do pântano

Marra a fada

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Mecha-mago

Mecha-mago

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Mecha reciclado

Mecha reciclado

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Vingança do anjo

Vingança do anjo

vincent ptitvinc deviantart ilustrações artes conceituais fantasia futurista robôs tecnologia Robô vs. monstro

Robô vs. monstro

Imagens via perfil no DeviantArt de Vincent, a.k.a. ptitvinc. Dica via The Design Inspiration - Creating a Nightmarish Creature.

'Fui promovido e encostado' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 27/02/2013, com um ouvinte que foi promovido, mas deixado de lado.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Fui promovido e encostado'

encostado

"Fui promovido e encostado", um ouvinte escreve e relata: "Tenho 9 anos de empresa e nos últimos 4 anos fui o coordenador de uma equipe operacional composta por oito pessoas. Eu estava contente e tudo ia bem até que houve uma mudança na direção da minha área. Algumas funções foram extintas, funcionários foram remanejados, alguns cargos novos foram criados e para preenchê-los foram contratados profissionais do mercado. Nessa salada ganhei um cargo de coordenador, recebi um pequeno aumento, mas fiquei sem equipe. Agora trabalho sozinho em uma sala, revisando manuais e fazendo somente serviços burocráticos. Por falta do que fazer, eu passo o dia pensando: por que a empresa não me mandou embora, já que não vejo qualquer importância no trabalho que me foi dado?"

Bom, de fato, essa é uma situação desagradável. Quem trabalha sozinho e com muito tempo ocioso tende a soltar a imaginação. E raramente pensa em coisas positivas. Na prática existem dois motivos para você ter sido promovido e momentaneamente encostado. O primeiro é que talvez você tenha algum tipo de conhecimento específico que a sua empresa não quer perder. E o segundo é que talvez as mudanças ainda não tenham sido completadas e você está sendo mantido no vácuo enquanto se decide para onde você irá.

E por que ninguém lhe explicou isso? Porque o seu aproveitamento na nova estrutura ainda não está assegurado. A solução provisória foi lhe dar um cargo teórico e mais dinheiro para você aguardar o final da transição sem entrar em pânico. Portanto, aguarde mais um par de meses e evite formular teorias conspiratórias. Se o objetivo da nova direção fosse o de dispensar você, isso já teria acontecido.

Max Gehringer, para CBN.

2013-02-26

As surreais fotografias de mulheres no País das Maravilhas de Katerina Plotnikova

A fotógrafa russa Katerina Plotnikova menciona em seu perfil o País das Maravilhas (Wonderland). Nada mais propício, uma vez que as fotografias da artista exibem aquele toque surreal sutil, em que as imagens ficam no limiar entre o sonho e a realidade.

Além do surreal e onírico, as fotos de Plotnikova têm como tema central figuras femininas, ora se apresentando num balé aéreo, ora como figuras místicas como fadas, ou ainda envoltas de magia natural. Pela integração natureza x mulher, as fotos da artista lembram bastante os trabalhos de outras fotógrafas, como Brooke Shaden e suas mulheres em mundos surreais, Rebecca Masey e seu suave surrealismo, ou Helen Warner e suas mulheres em fotografias mais soturnas.

Vejam as surreais fotografias de mulheres no País das Maravilhas de Katerina Plotnikova:


katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas balé aéreo

Balé aéreo

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas crepúsculo

Crepúsculo

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Abraço

Abraço

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Sereia

Sereia

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Hora do chá

Hora do chá

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Brincadeira de balanço

Brincadeira de balanço

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Água

Água

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Beirada

Beirada

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Sonhos

Sonhos

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Desabrochar

Desabrochar

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Esvoaçante

Esvoaçante

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Floresta

Floresta

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Borboleta

Borboleta

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Armário

Armário

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Árvore

Árvore

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Vestido preto

Vestido preto

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Teias

Teias

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Vermelho

Vermelho

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Canção

Canção

katerina plotnikova fotografia surreal mulheres natureza país das maravilhas Promessa

Promessa

Veja também:
- Mulheres em mundos surreais na fotografia de Brooke Shaden
- O suave surrealismo da fotografia de Rebecca Massey
- A soturna fotografia surreal com mulheres de Helen Warner.

Imagens via perfil de Katerina Plotnikova no 500px. Dica via Beautiful/Decay - A Surreal Wonderland Captured in the Photography of Katerina Plotnikova.
Blog Widget by LinkWithin