2008-07-31

Agradecimentos 3 - A missão

Mais um post apenas pra agradecer a dois blogs que repassaram selos para este pequeno blog sem layout personalizado.

O primeiro foi este "Diz que até não é um mau blog", que a amiga Lara do Pedacinhos de Mim, repassou neste post. Claro que o "selinho" tem um monte de "regras", como repassar pra um sem número de pessoas, falar alguma coisa, etc...

Bem, a Lara vai entender que eu não curto muito essas coisas de selinhos e memes, e por isso não vou repassar pra ninguém nem falar nada, mas enfim, fica este post como agradecimento pela lembrança.


O segundo selinho é este "Playblog", que o Perdido do Confudido nos repassou neste post. Só pra deixar claro, "Perdido" é o nick que ele usa, e Confudido é o nome do blog, Ok? hehehe


Eu aposto que ele repassou este selo por causa das fotos que eu geralmente coloco nesta tag: women project, hehehe.

Por hoje é só, pessoal. Eu demoro, mas acabo respondendo.

Propagandas envelhecidas

Todo mundo hoje sabe que a tecnologia caminha cada vez mais rápido, mal temos tempo de ficarmos por dentro das últimas, mal temos tempo de ler tantos blogs. =)

Eu fico imaginando, em quanto tempo propagandas como estas abaixo, que mostram hoje o que é o "estado da arte"...



...se transformem em posts de blogs com propagandas antigas de computadores:



Mais propagandas antigas de computadores neste link no Funtasticus.

2008-07-30

Nova política do escritório

Você acha que o seu patrão tem políticas de trabalho muito rígidas? Então saiba que tudo poderia ser pior...

Leiam com bom humor a tradução de uma nova política do escritório, post engraçado/sarcástico que saiu no Funtasticus:

A nova política do escritório:

Código de vestimenta:
1) Você é aconselhado a vir para o trabalho vestido de acordo com o seu salário.
2) Se vermos você usando sapatos Prada e carregando uma bolsa Gucci, assumiremos que você está indo bem financeiramente, e portanto não precisa de um aumento.
3) Se você se vestir de maneira pobre, você precisa aprender a gerenciar melhor o seu dinheiro para poder comprar melhores roupas, e portanto não precisa de um aumento.
4) Se você se vestir de maneira apropriada, você está no lugar certo, e portanto não precisa de um aumento.

Dias doentes:
Não iremos mais aceitar um atestado médico como prova de doença. Se você está apto a ir ao médico, está apto a vir trabalhar.

Dias de folga pessoal:
Cada empregado receberá 104 dias de folga a cada ano. Eles são chamados sábados e domingos.

Dias de luto:
Não há desculpa para faltar ao trabalho. Não há nada que você possa fazer por amigos, parentes ou colegas de trabalho mortos. Todo esforço deve ser feito para que não-empregados cuidem dos preparativos do funeral, no seu lugar. Nos raros casos em que o envolvimento do empregado é necessário, o funeral deve ser marcado para tarde/começo da noite. Iremos ficar felizes de permitir que você trabalhe durante o seu horário de almoço e consequentemente, saia uma hora mais cedo.

Pausas para o banheiro:
Muito tempo é gasto no banheiro. Agora há um limite de três minutos nas cabines. Ao final de três minutos, um alarme soará, o rolo de papel higiênico irá se retrair, a porta da cabine irá se abrir e uma foto será tirada. Depois da segunda reincidência, sua foto será colocada no jornal da empresa sob a categoria 'desrespeitadores crônicos'. Qualquer um pego sorrindo na foto será encaminhado de acordo com a política de saúde mental da empresa.

Pausa para o almoço:
1) Pessoas magras têm 30 minutos para o almoço, pois elas precisam comer mais, assim elas ficarão parecendo mais saudáveis.
2) Pessoas normais têm 15 minutos para o almoço, para pegarem uma refeição balanceada e assim manter o figurino esbelto.
3) Pessoas cheinhas têm 5 minutos para almoço, porque esse é o tempo necessário para beberem um Slim-Fast.

Obrigado pela sua lealdade à nossa empresa. Estamos aqui para prover uma experiência empregatícia positiva. Portanto, todas suas questões, comentários, preocupações, reclamações, frustrações, irritações, insinuações, alegações, acusações e sugestões devem ser feitas em outro lugar.

2008-07-29

Conto de fadas não sobrevive ao mundo real

O conto de fadas em questão é a história de um nova-iorquino, o webdesigner Patrick Moberg, que viu no metrô abarrotado de gente, a garota dos seus sonhos. Infelizmente ele a perdeu de vista, não tendo oportunidade de ir falar com ela.

Não conformado de perder a garota de sua vida, o cara montou o site www.nygirlofmydreams.com, com um esboço feito por ele mesmo, da garota. E em dois dias, um amigo da moça a reconheceu e enfim, Patrick pôde conhecê-la.

(O esboço que ajudou a encontrar a garota.)

A garota dos sonhos é Camille Hayton, de Melbourne, Austrália, mas que também atualmente mora na mesma vizinhança de Patrick (o Brooklyn).

(Patrick e Camille)

Depois de terem se encontrado, e também terem ficado famosos por causa do acontecido, aparecendo em sites e até em programas de TV, o casal se retirou da frente das câmeras e decidiu levar uma vida privada.

(Patrick e Camille num programa de TV.)

Entretanto, nos últimos dias, Camille soltou uma nota, dizendo que o namoro não deu certo, e que eles seriam só bons amigos (a velha e boa desculpa da amizade...)

Enfim, o conto de fadas romântico não sobreviveu ao mundo real.

Com informações do G1: a primeira notícia: Site ajuda jovem dos EUA a encontrar sua musa do metrô; e a segunda notícia, onde a garota diz que o namoro não deu certo: Romance do metrô de Nova York chega ao fim da linha.

Os oito pecados do novo chefe - by Max Gehringer

Mais uma transcrição dos ótimos comentários do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/07/2008.

Áudio original disponível no site da CBN.

Os oito pecados do novo chefe

Um ouvinte escreve para dizer que foi promovido. Agora ele comanda um setor com dez subordinados. Parabéns! Mas como essa é a primeira promoção da carreira dele, nosso ouvinte pergunta quais são os erros que ele deve evitar. Então, aqui vai uma lista, os oito pecados do novo chefe:

Primeiro: não superar os objetivos de curto prazo. Antes de tudo, a empresa espera resultados. Se o rendimento do setor de nosso ouvinte começar a cair, ele rapidamente irá para a marca do pênalti.

Segundo: não dar crédito a quem merece. Subordinados apreciam e esperam reconhecimento, e perdem a confiança no chefe que fica com todos os méritos.

Terceiro: evitar os pegajosos. Sempre tem um subordinado que rapidamente gruda no novo chefe. Já na primeira investida, o pegajoso deve ser avisado de que o tratamento será igual para todos.

Quarto: perder a autoridade. Um ou outro subordinado irá testar o novo chefe, atrasando o trabalho ou discutindo suas determinações. Com jeito, mas com firmeza, essas pessoas devem ser avisadas de que o chefe só será camarada com quem souber respeitar a hierarquia.

Quinto: descambar para a onipotência e a arrogância. A maioria dos subordinados pode contribuir com boas idéias e sugestões. Saber ouvir e saber reconhecer os próprios erros são duas das melhores qualidades de um bom chefe.

Sexto: entender as diferenças. Não há dois subordinados iguais. Cada um reage de uma maneira quando é cobrado, criticado ou elogiado. O chefe deve encontrar o tom certo para motivar cada um, individualmente, sem perder de vista o interesse de todo o grupo.

Sétimo: acreditar que é insubstituível. Um cargo de chefia não é obra da divina providência. É apenas uma delegação provisória e temporária, concedida pela empresa. Os que se esquecem disso são os que caem mais rápido.

E oitavo: não dar o bom exemplo. Mais do que por tudo o que ele fala, o chefe é avaliado por aquilo que ele faz.

Max Gehringer, para CBN.

Placas engraçadas e curiosas

Umas imagens de umas placas engraçadas, pra alegrar um pouco a semana que ainda tem muitos dias pela frente...

(Zona de enterramento de corpos... Deve ser uma boa pro Dexter.)

(A corrida de cadeira de rodas termina com quem chegar primeiro na boca do jacaré?)

(Depois dizem pra tomar cuidado com o mosquito da dengue...)

(Ai, prefiro nem imaginar o que quer dizer essa...)

(All you need is love... All you need is to turn right...)

(Sem subjugação, nem sadomasô. Pelo menos não com a mulher como Tiazinha.)

(A solução para os problemas de trânsito aqui em Floripa.)

(Bebê a bordo? Não, baby a bordo...)

(Essa é uma das minhas preferidas, acho que vou sugerir pro pessoal da empresa colocar essa lá: ATENÇÃO! Se o Help Desk achar a sua pergunta idiota, vamos jogar fogo em você.)

(Esse é literalmente o ponto...)

Fonte (e mais placas): Damn Cool Pics: Most Funny Sign Boards.

2008-07-28

A mudança radical de carreira - by Max Gehringer

Transcrição dos comentários do Max Gehringer para a CBN, do dia 28/07/2008.

Áudio original disponível no site da CBN.

A mudança radical de carreira

O tema de hoje é a mudança brusca e radical de carreira. Diariamente, recebo mensagens de pessoas que estão insatisfeitas em um determinado setor e por isso pensam em fazer um curso diferente, para poder mudar de área.

Vou citar dois exemplos. Um ouvinte que se formou em Economia e trabalha na área administrativa, pergunta se teria boas chances caso fizesse uma especialização em Marketing. E uma ouvinte que se formou em Psicologia pergunta se melhoraria suas possibilidades profissionais caso estudasse jornalismo.

A resposta mais coerente é a seguinte: quem está dirigindo um carro e não está gostando nem da estrada, nem da paisagem, só deve pegar uma estrada alternativa se souber onde ela irá levar. O simples fato de não estar satisfeito com a estrada atual não significa que qualquer outra estrada será melhor.

Eu não me arriscaria a dizer que uma mudança brusca de direção será sempre uma decisão errada. Mas posso afirmar, com base em muitos anos de observações práticas, que somente 2 em cada 10 pessoas, conseguirão chegar ao novo destino. As outras 8 ficarão pelo meio do caminho. Por isso, antes de tomar a decisão de fazer um curso completamente diferente, é preciso pesquisar as reais possibilidades que a nova área oferece, começando pelas pessoas que já trabalham nela e que poderiam fazer uma indicação direta.

Se a nossa ouvinte psicóloga não conhece nenhum jornalista, as chances de ela vir a conseguir uma vaga ou um estágio, somente através do envio de currículos, seriam praticamente nulas. E aí, a nossa ouvinte se veria numa estrada mais agradável, mas com todas as portas fechadas.

Em resumo, uma mudança radical de carreira não pode ser apenas emocional. Precisa ter uma base concreta. Arriscar para ver no que dá, no mais das vezes, dá em nada. Os 2 em cada 10 que conseguem, são os que encontram os profissionais que já conhecem bem o caminho e que podem ajudar a abrir as portas.

Max Gehringer, para CBN.

Recesso

Fiquei esse fim de semana sem postar nada, por causa de uma gripe chata que me fez ficar deitado o sábado inteiro e boa parte do domingo.

Até que isso foi bom, já que terminei de assistir xxxHolic: Kei e uns episódios atrasados de Bleach.

xxxHolic: Kei é a segunda temporada do anime, que infelizmente só tem 13 episódios. Mas mesmo curtinho, foi muito bom rever o Watanuki com suas reações exageradas, o Doumeki com a cara "congelada", a Yuuko bebendo todas de novo e outros novos personagens. E claro, o mistério sobre a Himawari desvendado!


Já os fillers de Bleach andam meio mornos, na minha opinião. Só nesses últimos episódios é que conseguimos ver alguma ligação entre os personagens novos do Gotei 13 (o capitão Amagai e aquele subordinado estranho dele) e o povo que protege a Rurichiyo (ô menina chata, huhuhu).

Bem, creio que pelo andar da carruagem, ainda teremos muitos episódios de fillers, então a história ainda pode melhorar. Só espero que não seja decepcionante como foi a saga-filler dos Bounts. (Bem, isso nem é muito difícil.)

(Beber, cair e levantar...)

2008-07-26

Música tema do Google

Eu admito, eu sou totalmente do dependente do Google. Uso Gmail, Google Reader, Google Docs e claro, o Blogger/blogspot.

Mas além de ser dependente, também sou fã assumido. E por isso, adorei essa música, feita em cima de um clássico do Michael Jackson (antes dele se tornar o freak atual).

Como está em inglês, e não tem legendas, só vai aproveitar quem entende a língua do tio Shakeaspeare:



Vi no Capetalismo.

2008-07-25

O céu pode esperar

Não é o filme de mesmo nome, mas sim uma bem bolada propaganda:



Link direto para o vídeo - powered by Metacafe


O céu pode esperar.

Use o cinto de segurança.

Via 100nexos - O Verdadeiro Fio de Prata.

Peixe robô japonês

Engenheiros da Universidade de Kitakyushu, Japão, desenvolveram um robô aquático destinado a vigilância, que se parece tão real que até abre o apetite (pelo menos pra quem gosta de peixe =P).

(Acredite ou não, isso é um robô-peixe.)

Pesando cerca de 7 kgs, o robô chamado de Tai-robô-kun* simula o peixe da espécie Lutjanus campechanus, ou Red snapper em inglês (não conheço muito de peixes, então não sei o nome dele em português). Com o corpo coberto com silicone e pintado a mão, o robô usa um sistema de propulsão único, que permite que ele mova a cauda silenciosamente, como se fosse um peixe de verdade. Veja o vídeo:



O robô tem autonomia de uma hora com a bateria cheia, e usa um sistema similar aos dos submarinos, para controlar a flutuação/profundidade.

O criador do Tai-robô-kun, o professor Ikuo Yamamoto, diz que o robô pode ser facilmente produzido em massa, adaptado com a instalação de câmeras e sensores. Isso proporciona ao robô a facilidade de realizar várias tarefas de pesquisa sem incomodar a fauna marinha, já que o robô simula muito bem um peixe real.

Além do Tai-robô-kun, a equipe do professor Yamamoto também desenvolve uma arraia robô usando a mesma tecnologia.

Post praticamente traduzido do Pink Tentacle.

* O "-kun" do nome "Tai-robô-kun" é um sufixo usado no Japão, colocado depois do nome de garotos, geralmente, ou então de subordinados. É menos informal que o "-san", outro sufixo, que a maioria deve conhecer por causa do filme Karatê Kid (quem não lembra do Daniel-san?)

Momento fashion: mulheres vegetais

Com essa onda de mulher melancia, mulher jaca, mulher morango e outros vegetais (sem falar na velha piada do Ronaldo e a sua mulher banana), o Maurício do Charges.com.br fez uma especialmente pra você, mulher que ainda não encontrou seu alter-ego vegetal.



Recapitulando:

Mulher limão: pra você que é bonitinha, gostosa, mas tão azeda que os homens só encaram com pinga ou vodca.

Mulher chuchu: sem graça, mas dá pra comer.

Mulher abacaxi: auto-explicativo, mas algumas são bem doces por dentro.

Mulher castanha-do-pará: personagem perfeita pra quem é casca-grossa.

Mulher cana: criminosas, presidiárias, fugitivas da justiça, essa é você.

Mulher azeitona: são as peruas, bem conservadas, caras, e as melhores só dão no exterior.

2008-07-23

Porque a aliança vai no 4º dedo

Segundo o vídeo abaixo, os chineses têm uma bela explicação para usarmos a aliança no quarto dedo.

Assista o vídeo abaixo (em inglês), e tente fazer o mesmo movimento com as mãos. Caso você não entenda um pingo de inglês, leia abaixo.



Dizem que cada dedo da mão representa uma parte da sua vida:

- O polegar representa os seus pais.
- O Indicador representa os seus irmãos.
- O dedo médio representa você.
- O anular representa o seu(sua) companheiro(a).
- O mínimo representa os seus filhos.

Unindo os seus dedos médios, como mostrado no vídeo:

Os polegares podem ser separados, pois você ao casar-se separa-se dos pais.

Os irmãos e os filhos um dia também vão se separar de você, pois casarão e terão suas próprias famílias. Assim o indicador e o dedo mínimo também podem se separar.

No entanto, o quarto dedo, ou seja, o anelar, onde está a aliança de casamento, não se separa, simbolizando a união indissolúvel do casal.

Bonito, não?

Fonte: Ueba, via Repórter Salsicha.

2008-07-22

Tarde

Hoje a tarde, aqui em Floripa, saindo do trampo.

Ilusão sexy

Eu sei que é difícil, mas fique olhando o X no centro do vídeo...


A segunda figura é toda preto e branco. Mas, se você teve força de vontade e ficou olhando para o X (e não logo acima), ao mudar da primeira pra segunda figura, você deve ter visto a mulher colorida. Mas isso é só ilusão.

Eu admito que tive que ver o vídeo duas vezes pra ver a ilusão, a primeira vez não prestei atenção ao X, se é que você me entende, hehehe.

Piercing exagerado

Eu não sou contra piercings, dependendo da pessoa fica até legal um ou outro piercing. Eu prefiro a discrição, mas tem gente que gosta mesmo é de mostrar os seus vários piercings, modificações corporais, etc...

Entretanto, eu, particularmente, acho que tem um povo que exagera:

(Esse é o verdadeiro orelhudo.)

(Esse ficou parecendo um dinossauro.)

(Esse até que é light... Coca cola light.)

Fonte (e mais fotos): Funtasticus.

2008-07-21

Ciclos

Domingo eu recebi a notícia que um amigo da época da universidade morreu.

Um ou dois meses antes, notícias de que alguns dos meus amigos daquela época estavam "grávidos".

Alguns já tiveram seus "filhotinhos".

A vida não pára. O mundo não pára. Não importa o que se faça, quem vai ou quem vem, um dia segue o outro, o sol continua nascendo e morrendo, seguido pelas estrelas, pela noite, e tudo recomeça mais uma vez.

E enquanto uns saem desse palco que chamamos de vida, outros fazem sua estréia. Enquanto alguns choram, outros aprendem a sorrir pela primeira vez.

Às vezes é triste... e às vezes é alegria...

E tudo continua mudando, em ciclos que não se repetem, mas que são eternos. Porque a única coisa constante é a mudança.

E o que fica para trás são apenas lembranças...

Peixe pedicure

Primeiro eu li essa notícia no G1: Peixe faz o trabalho de pedicure em salão de beleza nos Estados Unidos. A notícia relata que um SPA na Virgínia, EUA, vem utilizando uma técnica que consiste em deixar os pés das clientes em uma banheira cheia de pequenos peixes "garra rufa", ou peixes-médico. Este peixe consome apenas a pele morta ou afetada por doenças, deixando a pele saudável crescer normalmente.


John Ho, administrador do salão de beleza junto com sua mulher, diz que mais de 5 mil pessoas já passaram pelos beliscões dos peixes. O procedimento consiste de um banho de 15 a 30 minutos na banheira dos peixes, e depois o cliente é tratado por uma pedicure comum, trabalho que segundo ele, é facilitado pelo trabalho prévio dos peixinhos. Os banhos custam US$ 35 por 15 minutos e US$ 50 por 30 minutos. Cada tanque individual abriga cerca de 100 peixes.

Depois de ler essa matéria, vejo este post no Rainha de Copas: Pedicure delicada, com o vídeo abaixo, que mostra os peixinhos fazendo o trabalho sujo, num SPA em Singapura, segundo a descrição no youtube:



E se no Ocidente esse tratamento é novidade, no Japão desde 2006 esse peixe-pedicure é usado, como mostra esta matéria da BBC (vídeo em inglês).

A história do jovem ambicioso - by Max Gehringer

Mais um texto com a transcrição dos comentários do Max Gehringer, de 21/07/2008, para a rádio CBN.

Lembrando que o áudio original está disponível na página do Max Gehringer na CBN.

A história do jovem ambicioso

Um jovem ambicioso foi admitido por uma empresa. Como tinha múltiplas habilidades, ele decidiu descobrir qual era o setor que lhe daria melhores condições para construir uma carreira mais rapidamente. E fez esta pergunta ao gerente financeiro. "Finanças, evidentemente", respondeu o gerente, "porque, no fim das contas, uma empresa existe para gerar e administrar dinheiro".

Em seguida, o jovem perguntou ao gerente de vendas, qual era o setor mais importante. "Vendas, é claro", respondeu o gerente, "porque só ela traz recursos para dentro da empresa". O jovem anotou a resposta e foi falar com o gerente de recursos humanos. E ele respondeu que uma empresa se sustenta sobre o talento e a motivação das pessoas, e portanto, recursos humanos era o setor mais importante.

Mas o gerente de informática tinha outra visão, e explicou ao jovem que a tecnologia está cada vez mais substituindo as pessoas, com vantagens. "Muito em breve, sem dúvida, as empresas serão controladas por profissionais de informática".

Já o gerente de marketing explicou que maketing cria o desejo de compra, e por isso é disparado o setor mais importante. O gerente de desenvolvimento esclareceu que seu setor era mais importante porque novos produtos são o oxigênio da empresa.

Ao final de 30 dias, o jovem chegou a conclusão de que havia 15 setores na empresa, e todos eles eram os mais importantes. Até que finalmente, o jovem teve a oportunidade de conversar com o presidente da empresa, que tinha apenas 34 anos. E o jovem perguntou como o presidente havia descoberto tão rapidamente a melhor direção a seguir. E o presidente respondeu: "Quando eu tinha a sua idade, eu rezava".

Impressionado, o jovem perguntou: "Então, uma carreira bem sucedida é uma questão de fé"? "Não", disse o presidente. "Eu rezava para que os jovens ambiciosos que concorriam comigo continuassem a fazer perguntas, enquanto eu me dedicava a fazer o meu trabalho."

Max Gehringer, para CBN.


2008-07-20

Teste da cafeína

Em uma sociedade movida a cafeína, qual o nível da substância no seu sangue?

The Caffeine Click Test - How Caffeinated Are You?
Created by OnePlusYou

Teste bobo, mas legalzinho. Bom pra detonar o botão do mouse, caso você esteja com raiva de alguém. ;P

E não posso fazer um post com o título "Teste da cafeína" sem citar a própria. Como será que a Cafeína do Bebendo se sairia nesse teste?

2008-07-19

BBB - Best Blogspot Brasil

Este BBB eu acompanho! É o Best Blogspot Brasil, um meme/campanha/promoção que o UsuárioCompulsivo lançou.

Nas palavras do próprio Compulsivo: Com objetivo de fortalecer a comunidade brasileira de blogs hospedados no Blogspot o UsuárioCompulsivo vai premiar com U$ 100,00 em créditos no Google AdWords, o melhor blogue brasileiro ancorado no Blogspot, na opinião dos leitores compulsivos.

Este post é pra participar do Best Blogspot Brasil, não pra ser votado nem nada (porque sinceramente, este blog está muito longe de ser Best em alguma coisa), mas sim pra contabilizar os meus humildes votos em blogs que eu considero muito bons.

Como são apenas 3 indicações, muitos blogs interessantes, que eu acompanho, ficaram de fora. Eu organizo os blogs que acompanho em algumas categorias, no Google Reader, e resolvi escolher apenas um blog de cada categoria. Sem mais delongas, meus indicados são:

Bichinhos de Jardim


Um blog em forma de quadrinhos ou quadrinhos publicados num blog; não faz diferença. O que importa é que esses pequenos bichos, todos encontrados em jardins, já cativaram este que vos escreve. Inclusive já fiz um post recomendando o Bichinhos de Jardim anteriormente:

Feito pela Clara Gomes, no blog ela publica tirinhas muito meigas, mas por vezes cheias de humor negro ou sarcasmo. Inspiradas no cotidiano, ela transfere para os bichinhos de jardim, os personagens dos seus quadrinhos (tem joaninha, minhoca ou minhoco, caramujo, borboleta, lagartixa...), as características que vemos nas pessoas, no cotidiano.

Bebendo Fumaça


Comandado pela Cafeína e pela Nicotina, o Bebendo Fumaça conta com posts divertidíssimos contando o cotidiano de duas mulheres com que acontece de tudo! De tudo mesmo, desde certas confidências a pepinos no trabalho.

Nada melhor do que elas por elas: Sabe aquela amiga que tudo acontece com ela? Pois então, somos elas, mulheres contando a verdade, quase sempre.

Muito Japão


Na descrição do próprio blog, o Muito Japão é: Seu blog em português, para você se divertir e conhecer aspectos curiosos e bem peculiares da cultura japonesa e que você não irá encontrar nos guias de viagem.

O Muito Japão é excelente e recomendado, pra todos que gostam da cultura japonesa, e também que gostam de dar risadas com as diferenças de cultura, sem desrespeitar nenhuma delas, claro. Apresentando diferenças de como jogar o lixo fora, até produtos que só podiam vir do outro lado do mundo, como o plástico bolha infinito.

/******************************************************************

E você, caro leitor, vai indicar quais blogs do blogspot?

2008-07-18

Haroldo

Haroldo, ou Hobbes no original em inglês, é o tigre de pelúcia de Calvin, das tirinhas de Bill Watterson.

No Depositório do Calvin, o autor fez um perfil muito bom do Haroldo, que ora se mostra falante e com vida própria, ora se mostra como apenas um fofo bichinho de pelúcia.

(Tirinha tirada daqui.)

Mas o que eu mais gostei foi da visão do Bill Watterson sobre o Haroldo. Nas palavras do próprio:

A idéia das duas versões do Haroldo é geralmente mal compreendida. Eu não penso no Haroldo como um boneco que milagrosamente ganha vida quando Calvin está por perto. Também não penso nele como um produto da imaginação de Calvin... Calvin vê Haroldo de uma maneira, e os outros personagens de outra. Eu mostro duas versões da realidade, e cada uma delas faz total sentido para o personagem que participa da cena em questão. Eu acho que é assim que a vida é... Nenhum de nós enxerga o mundo exatamente da mesma maneira, e eu apenas passei este sentimento para a tirinha." - Bill Watterson

(Tirinha tirada daqui.)

Concordo com você, Bill... nenhum de nós enxerga o mundo do mesmo jeito. Aliás, eu diria que existe um mundo para cada um de nós.

Se você quiser ver um exemplo da genialidade desses quadrinhos, e porque eu amo Calvin e Haroldo, eu postei uma série de tiras neste post anterior.

2008-07-17

Há o tempo de plantar e o tempo de colher - by Max Gehringer

Mais um texto com a transcrição, feita por mim, dos comentários do Max Gehringer, de 17/07/2008, para a rádio CBN.

Lembrando que o áudio original está disponível na página do Max Gehringer na CBN.

Há o tempo de plantar e o tempo de colher

Vou tentar responder à varias consultas sobre um tema recorrente: por que minha carreira não decola, por que a empresa não me dá chance, por que os piores são promovidos?

Independente da idade e da formação de quem faz essas perguntas, é preciso evitar duas pequenas confusões que atrapalham carreiras.

A primeira é confundir desejo com obrigação.

Uma empresa é organizada em torno de tarefas. Cada uma dessas tarefas permite um certo grau de liberdade e de criatividade. Mas a essência de cada tarefa está no trabalho repetitivo, que consome a maior parcela do tempo. A eficiência de uma empresa como um todo depende da eficiência com que cada uma dessas tarefas básicas é executada. Isso gera uma queixa muito comum: a da falta de liberdade ou de espaço ou de oportunidade para executar tarefas mais criativas, mais desafiadoras e menos chatas. Porém, a avaliação que a empresa faz é inversa: a empresa sempre começa valorizando mais quem executa com mais eficiência as tarefas básicas.

E a segunda é confundir potencial com produtividade.

Potencial é tudo aquilo que alguém poderá vir a fazer. Produtividade é aquilo que alguém de fato faz, e que pode ser medido através de números. O potencial é abstrato enquanto a produtividade é concreta. Quando uma pessoa é contratada, a empresa leva em conta o seu potencial, se ela tem curso superior, fala outro idioma, e por aí vai. Mas os primeiros trabalhos que essa pessoa executará provavelmente não exigirão nem 5% da sua capacidade intelectual. É durante esse período que surge a separação entre quem reclama que está fazendo trabalho sem graça, que qualquer um poderia fazer, e quem entende que o qualquer um mais produtivo receberá as primeiras oportunidades para deixar de ser qualquer um.

Ou, como sabiamente diz o Eclesiastes, há o tempo de plantar e o tempo de colher.

Max Gehringer, para CBN.

O novo jogo da velha

Não é nenhuma atualização das regras do velho e bom jogo da velha, ou tic tac toe, em inglês, mas apenas um tabuleiro e peças cheios de estilo, feitos especialmente pro jogo.


Criado pelo designer Shahar Peleg, o tabuleiro é na verdade um espelho, e as peças, apenas metade de X's e O's.


Na versão transparente/translúcida, as peças ficam mais bonitas ainda, não?



Via 100nexos - Jogo da Velha Inovador.

Isso é que é circo! Barra Russa!

Impressionante essa apresentação de uns chineses (e quem mais?) na chamada barra russa, no Festival Internacional de Circo de Monte Carlo. Não sabe o que é essa tal de barra russa? Então Veja o vídeo abaixo e descubra:



Se ainda assim você quiser mais explicações, siga este link na Wikipedia (em inglês). Inclusive um dos links externos do artigo da Wikipedia é para esse vídeo no youtube que eu postei acima.

Vídeo visto primeiro no Spock.

2008-07-16

Presente

Como dizem naquelas propagandas de lojas de eletrodomésticos, a Lomyne faz aniversário, mas quem ganha presente é você. No caso, eu, porque o presente é pra mim. =)

O presente é na verdade, o selo abaixo:



Então é isso aí.

Lembrando que também aceito presentes de outros tipos, como ouro, diamantes, dólares... Até reais!

Simpsons - A matança

Não, não é um episódio novo da série.

Mas sim um mapa do jogo Quake 3 Arena, de Springfield, com impressionantes detalhes, tem a casa dos Simpsons, o bar do Moe...

Veja o vídeo:

Link para o vídeo no youtube (lá tem o link com informações pra baixar esse mapa).

Fiquei com água na boca, com vontade de sair atirando na cabeça do Mr. Burns, huhuhu.

Estou até pensando em pegar esse jogo só por causa desse mapa...

Via Meio Bit Games - Quake III Arena em Springfield com os Simpsons!

Há empresas em que não vale a pena trabalhar - by Max Gehringer

Mais uma transcrição, feita por mim, dos comentários do Max Gehringer para CBN, do dia 16/07/2008. Áudio original você confere no site da CBN.

Há empresas em que não vale a pena trabalhar

Uma ouvinte está trabalhando em uma empresa faz duas semanas. E ela está meio apavorada com receio de ter embarcado numa canoa furada. Ela escreve para dizer o seguinte: "Max, eu sei que você falou que é preciso ter paciência até se acostumar com o novo ambiente de trabalho. Mas será que em todas as situações o problema é mesmo do novo empregado?"

Resposta: NÃO.

O que eu disse foi que existem empregados que já querem mudar a empresa, antes mesmo de entender como ela funciona. Mas certamente há casos de empresas em que não vale a pena trabalhar. Aqui vai uma lista de meia dúzia de sinais que já são perceptíveis após 15 dias:

O primeiro: o novo empregado não sabe exatamente qual é o seu trabalho. Ele fica numa mesa, esperando que alguém lhê dê alguma coisa para fazer, e a chefia não parece muito preocupada em ver um funcionário ocioso só enfeitando o ambiente.

O segundo: se o empregado faz uma pergunta sobre um processo ou um relatório, a resposta é sempre evasiva, como se a empresa estivesse querendo esconder alguma coisa.

Terceiro: em conversas com os colegas, fica aquela impressão, de que ninguém sabe qual é a situação financeira da empresa, e nem quais são os planos dela em médio prazo.

Quarto: trabalhos precisam ser refeitos porque as orientações de como fazê-los é sempre imprecisa. E evidentemente, os erros são sempre atribuídos não a quem orientou mal, mas a quem tentou executar bem.

Quinto: não existe motivação para vir trabalhar. Parte dos colegas mostra conformismo, e outra parte demonstra insatisfação.

E sexto: a rotatividade é altíssima. Poucos empregados chegam a completar um ano de casa.

Cinco desses sinais já seriam suficientes para alguém começar a procurar opções melhores. Ficar numa empresa assim prejudica não apenas a carreira, como também pode prejudicar o equilíbrio emocional.

Max Gehringer, para CBN.

2008-07-15

Demolição de baixo para cima

A companhia de construção Kajima Corporation está usando um novo método de demolição de prédios, para derrubar alguns velhos edifícios em Tóquio.

O método consiste no seguinte: no térreo, as colunas de sustentação são substituídas por vigas controladas por computador. São derrubadas e retiradas todo o resto, como paredes, etc., e então as vigas computadorizadas vão abaixando vagarosamente todas de uma vez. Veja o vídeo pra entender melhor:



O método é chamado de Daruma Otoshi por causa de uma brincadeira, chamada de Daruma Otoshi, que consiste de um boneco Daruma constituído de várias peças empilhadas, e o objetivo é ir retirando cada peça de baixo.

Um vídeo (em slow motion) dessa brincadeira:



Via Pink Tentacle - Video: ‘Daruma-otoshi’ skyscraper demolition.

Gato rezando!

Gatos podem ser muito engraçados.

Este aqui deve estar rezando pro deus da geladeira abrir e dar um leitinho ou peixinho fresco. =)



Via 100nexos.

2008-07-14

Máquinas automáticas de tudo

Sabe aquelas máquinas automáticas que vendem refrigerantes? Essas máquinas, também conhecidas como vending machines, no Japão, vendem de tudo, de bebidas frias e quentes, macarrão (estilo cup noodles) e cigarros.

Agora, se você achava que só produtos industrializados eram vendidos... Pense de novo.

Neste blog, o autor mostra fotos tiradas por um amigo dele, de uma máquina automática que vende vegetais frescos, em Tóquio.


Pois é, bateu aquela vontade de comer um brócolis ou alface as três da manhã? Já sabe aonde encontrar.


Via Kirainet.

Seu time como personagem de Dragon Ball

O Zanfa do Capinaremos desta vez se superou, criando a relação entre os times de futebol brasileiros com os personagens de Dragon Ball.

Veja alguns:

São Paulo - Goku
Um dos principais. Sempre chega com tranquilidade, todos sabem da sua força. Porém já precisou ser ressuscitado com a ajuda dos seus amigos.


Internacional - Gohan
Tem seu passado tentando aprender com seus ídolos e nunca mostrando o seu verdadeiro poder. Surpreendeu a todos uma única vez (Cell = 2006).

Gremio - Vegeta
Principe saijin! Proclama-se um dos maiores, e tem histórico para isso, algumas vezes deixa a soberba lhe atrapalhar e acaba derrotado. Sempre chega nas competições com forte presença.


Flamengo - Mr Satan
Tem a maior admiração de todos! Mas na real não faz nada, só engana.


Huahuahua, como sãopaulino, concordo plenamente, somos o super saiyajin mais forte dos times. =P

Veja o resto dos personagens/times no Capinaremos: E se o seu time fosse um personagem de Dragon Ball?

Como demitir um funcionário - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a CBN, do dia 14/07/2008. Áudio original disponível no site da CBN.

Como demitir um funcionário?

"Estou angustiado", escreve um ouvinte. "Fui recentemente promovido a gerente e tenho que demitir um funcionário por baixo desempenho. Só que não sei como fazer isso porque nunca demiti ninguém na vida."

Vamos lá, começando pela cartilha. Você deve chamar o funcionário, cumprimentá-lo em tom sério, pedir que ele sente, olhar nos olhos dele e dizer: Beltrano, lamento informar que você está sendo desligado da empresa.

Você deve estar preparado para dar todas as explicações que ele pedir, sempre de modo racional e sem nunca levantar a voz. Sua conversa a sós com o demitido não deve durar mais que 5 minutos. Do lado de fora, aguardando sua chamada, estará alguém de recursos humanos, que dará a papelada para o demitido assinar e explicará a ele os detalhes burocráticos da rescisão.

Normalmente, empresas preferem comunicar as demissões ao final do expediente da sexta-feira, para evitar que o demitido fique conversando com os colegas e crie um clima ruim. Isso é o que diz a cartilha. E ela funciona bem, no hemisfério norte. Mas, nem tanto no Brasil. Aqui, em 90% dos casos, o demitido irá reagir de modo emocional, ou vai travar, ou vai chorar ou vai ficar irritado.

A maneira decente de demitir um funcionário é ir fazendo isso aos poucos, como a história do gato que subiu no telhado. Primeiro, avisá-lo de que ele não está bem. Dar a ele um prazo para melhorar e combinar os objetivos que devem ser atingidos. Aí, alertá-lo de que o desempenho dele não melhorou e que ele estará tendo uma última chance. E finalmente, comunicar a decisão, com base em tudo o que já foi falado e repetido.

Demitir alguém que não esperava por isso, pode ou não, ser uma angústia para quem demite. Mas sempre será um desrespeito para com quem é demitido.

Max Gehringer, para CBN.

2008-07-13

Terror de massinha

Animação stop motion, ou popularmente "animação de massinha", é a mesma técnica usada em filmes como Fuga das Galinhas, A Noiva Cadáver e Wallace e Grommit.

Com um orçamento bem mais baixo, mas com uma criativade tão boa quanto, o japonês maluco conhecido como takena no youtube, fez diversos curtas usando essa técnica. Fã de filmes bizarros e de horror, além de animação, claro, os curtas dele são recheados com muito sangue de massinha.

ATENÇÃO, ESSAS ANIMAÇÕES NÃO SÃO PRA CRIANÇAS! NEM PRA PESSOAS MAIS SENSÍVEIS!

O mais visto é o CHAINSAW MAID, algo como EMPREGADA SERRA-ELÉTRICA. É uma clássica história de zumbis, em que a última esperança de uma família é a sua sexy e fiel empregada. Desde já, um clássico ao lado dos filmes do Romero. Muito sangue, tripas e outros órgãos internos, cortados e arrebentados, de massinha!



(Repararam o cara bebendo o café depois da cena da mulher se esgoelando? Isso é que é vício em cafeína.)

Outro vídeo que merece menção é Bloody Date (Encontro sangrento). Nas palavras do autor: "seu primeiro encontro se torna o seu pior pesadelo". Um filme que mistura um serial killer e uma família bizarra de dar inveja ao povo de Massacre da Serra Elétrica, tudo com muita massinha vermelha.



E a última animação que eu vou falar aqui, apesar de ter outras no profile do takena, é Bloody Night (Noite Sangrenta). Numa noite escura, uma mocinha caminhando é seguida por um monstro horrível, que quer carne! E sangue! De massa!



Todos esses filmes, literalmente, são MUITO MASSA! Hehehe.

UPDATE: Se você curtiu essas animações, deve curtir também o filme The Machine Girl. Dê uma olhada. =)

Felizes para sempre? Talvez por uns dois anos...

Segundo pesquisadores da Universidade de Brunel, que conduziram uma pesquisa sobre felicidade por mais de 25 anos, a alegria de se tornar pai dura apenas dois anos. Similarmente, a euforia dos recém-casados também é bem curta.

(Felizes para sempre? Rá!)

Segundo Yannis Georgellis, co-autor do estudo, "o efeito positivo de ter filhos pode ser transitório. Rapidamente você volta para o nível em que se encontrava".

Isso quer dizer que essas grandes mudanças que acontecem na vida das pessoas, tais como casamento e filhos, não propiciam uma reação positiva prolongada. Logo as pessoas "se acostumam" e voltam a ter o nível de satisfação anterior.

Fonte: Jornal Metro - Joys of marriage 'are short-lived'.

Concordo plenamente.

É por isso que as maiores histórias românticas, como Romeu e Julieta, não só não mostram o que acontece com os personagens no futuro, mas também de preferência, matam algum dos protagonistas no final. Em Titanic, por exemplo, o mocinho acaba comendo alga pela raiz. =P

Por isso, pra mim, amor é como OVNIs. "I want to belive", but...

Speed dating a japonesa

Speed dating, pra quem ainda não sabe, é um tipo de encontro as escuras, organizado por um terceiro, em que alguns homens e mulheres se reunem em um local, cheio de mesas. Neste local, cada mulher se senta numa mesa, e a cada intervalo de tempo, geralmente curto (uns 5 minutos), os homens trocam de mesa, ordenadamente, assim todos conversam com todos do sexo oposto. Nessas conversas rápidas, pode-se trocar cartões ou meios de contato, e se rolar interesse, depois as pessoas podem ter um encontro "normal".

Essa modalidade de encontro já está se tornando coisa comum, principalmente nos grandes centros, em que a correria impede as pessoas de se reunirem e acabarem conhecendo pessoas "normalmente".

Bem, no Japão, acabaram de inventar uma nova modalidade de speed dating. Desta vez, quem vai nos encontros não são os pretendentes, mas os pais deles. Veja o vídeo com uma reportagem (em inglês):



De certa maneira, é parecido com o "mercado de solteiros" chinês, mostrado há algum tempo numa reportagem do Fantástico sobre a China.

Reflexos de uma sociedade em que cada vez mais a taxa de natalidade cai, as pessoas se casam menos, e a população idosa só aumenta...

Via JapanSugoi.

2008-07-12

E por falar em comida...

Já que nos comentários do post anterior sobre comida japonesa, com as fotos de bentôs, a nossa colega ciyamane lembrou da abertura cheia de comidas de Honey and Clover, aqui vai ela:



Honey and Clover!

Um dos melhores animes EVER!

Comida japonesa - bentôs kawaii

Bem, este post não é sobre a comida japonesa chique, tipo sushi, sashimi, que virou coqueluche nesses últimos tempos.

Mas sim, sobre obentôs, ou simplesmente bentôs. Bentôs são uma espécie de marmitinha japonesa, com uma refeição completa (tirando claro, a bebida, quase sempre um cházinho verde). Mais sobre obentô e a história dele, com vários detalhes, no Nipocultura.

Muitas vezes os bentôs são preparados de manhãzinha, junto com o café da manhã, para serem levados para o trabalho ou escola. Você pode notar como os bentôs fazem parte do dia a dia japonês em animês da CLAMP, como Card Captor Sakura, em que frequentemente é mostrado um membro da família fazendo o bentô de todos (tanto a Sakura, o Toya e o pai deles revezavam nos serviços de casa), ou em XXX Holic, em que o personagem principal, Watanuki, é um habilidoso "fazedor de bentôs". =)

Como para os japoneses a comida tem que ser apreciada tanto visualmente como com o paladar, as "marmitinhas" também não podem deixar de ser atrativas para os olhos, misturando cores e formas. As vezes, de forma bem criativa e divertida, como nessas imagens abaixo:

(Você tem coragem de comer essa gatinha?)


(Inspiração em bichinhos é que não falta: tem coelho, ...)

(... caranguejo, ...)

(... sapo - que parece de história infantil; se der uma mordida, será que vira príncipe? huhuh....)

(... e até uma cachorrinha poodle rosa.)



(E não tem arte culinária só de arroz.)






(Olhinhos brilhando...)


(Eu teria até dó de comer essas salsichas...)

(Comendo vaca sem ter carne de vaca...)




(Pasteizinhos de Hello Kitty. Garanto que o recheio não é o mesmo desses pacotes.)




(Feliz aniversário! Happy Birthday! Tanjoubi omedetou! 誕生日おめでとう!)


(Um bom jeito de tornar verduras atrativas pra criançada.)


(Todo mundo pra caminha!)



Via Shoujo Café: Você comeria esses pratinhos?
Blog Widget by LinkWithin