2008-04-27

Bleach - nova temporada de fillers

Aaargh, começou uma nova temporada de fillers em Bleach. Será que pelo menos dessa vez, ao contrário da saga dos Bounts, essa temporada vai ser boa? Porque os Bounts encheram o saco... A nova saga já tem até nome, "A Saga do Novo Capitão Amagai Shuusuke".


Ainda não deu pra ver ao que a nova saga veio, o primeiro episódio foi bem lento, só mesmo uma introdução dos novos personagens, envoltos em muito mistério...

Só espero que, como essa saga se passa DEPOIS dos atuais acontecimentos no mangá, ela não acabe criando paradoxos com o que ainda vai acontecer. Pra isso, rezamos para que o autor, o Tite Kubo, tenha sido consultado...

Alguns screenshots do episódio (contém spoilers do episódio, fique avisado):

O tempo passa, o tempo voa, e a Matsumoto continua numa boa:

Os capitães todos reunidos para a apresentação do novo capitão do 3º esquadrão, que substitui o famigerado Ichimaru Gin:


O novo capitão, Amagai Shuusuke:

A apresentação inicial não inspira muita confiança:

De tiracolo, ele traz um novo personagem, Kibune Makoto:

Parece que o novo capitão não aguenta muita bebida:

Enquanto o capitão está desmaiado de saquê, o 3º esquadrão é invocado pra uma batalha, mas as coisas ficam feias:

Nessa hora, o capitão Amagai aparece pra salvar a pátria:

E ele usa uma zanpakutou bem estranha:

E tudo isso, ainda bêbado:

2008-04-26

Restaurante de Pênis e Testículos na China

Li esta notícia no Spiegel Online, um jornal alemão (mas com versão em inglês), e resolvi traduzir a matéria, porque ela é bem interessante, ainda mais nestes tempos de Olimpíadas na China. Aí vai:

Uma visita ao exclusivo restaurante de pênis de Beijing

Por Stephan Orth, em Beijing

Matéria original neste link: A Visit to Beijing's Exclusive Penis Restaurant

"Aqui, prove isso", diz Zhaoran, uma estudante de administração, enquanto ela coloca a uma uretra de boi, de cor bege, no prato do amigo dela. Ele está devorando um pedaço borrachudo de pênis de cachorro.

Uma visita ao Restaurante Guolizhuang em Beijing não é para pessoas com o coração fraco. Aqui o menu consiste quase que inteiramente de pratos de pênis e testículos - feitos das partes privadas de veados, cobras, iaques, cavalos, focas e patos, entre outros.

(O menu contém uma introdução aos benefícios de comer pênis e testículos de animais.)

Os pratos têm nomes como "A Essência do Buda Dourado", "Ascensão da Fênix", "Flores de Jasmim com 1000 Camadas" e "Olhe pelo Tesouro na Areia do Deserto". Será que esses nomes floridos são para prevenir os convidados de fugirem? Pois apesar de tudo, as "flores de jasmim" são feitas de camadas finamente cortadas de pênis de burro, e o "tesouro no deserto" é, na verdade, gônadas de carneiros em um prato de curry.

"Chineses comem qualquer coisa com quatro pernas, exceto mesas. E tudo que voa, exceto aviões", diz Zhaoran, citando um ditado chinês bem conhecido. Isso pode ser verdade, mas mesmo na China, um restaurante de pênis é incomum. O Restaurante Guolizhuang abriu há 2 anos, na bem conhecida rua Dongsishitiao. A notícia rapidamente se espalhou entre os chineses abonados, e hoje existem cinco restaurantes franquiados. A cadeia está até mesmo se expandindo para fora da China - para Chinatown, em Atlanta, Georgia.

(A garçonete diz: "Se tiver quatro pernas e não for mesa, chineses comem".)

Sangue de veado como Viagra

Lucy, uma garçonete de 20 anos, veste uma tradicional roupa de seda com imagens de plantas e cenas da corte - e um sorriso aberto. Parte do seu trabalho é explicar o menu, pois muitos convidados estão entrando num mundo culinário totalmente novo ao visitar o restaurante. "Por milhares de anos a Medicina Chinesa tem usado pênis de animais para curar problemas de rins e de ereção", ela diz. Mas para esta medicina ter efeito, os pratos devem ser consumidos regularmente.

"Mas se você quer algo que funcione rápido, nós temos um vinho que contém extratos de coração, pênis e sangue de veado", ela explica. "O vinho tem efeito em 30 minutos." Este coquetel potente tem a fama de ser melhor que o Viagra, sem efeitos colaterais.

Cru ou torrado, inteiro ou fatiado: o banquete de pênis não significa para os convidados chineses um teste superficial de coragem, mas um sério tratamento para a libido. "O ato sexual deste cão russo dura 48 horas e o período de cio é sete meses no ano", é como o menu colorido, cheio de fotos, descreve um prato de pênis de cerca de 25 dólares.

Um certo grau de cuidado parece ser necessário ao se escolher um prato, dependendo, em parte, do que a pessoa planejou para mais tarde. O sexo e a idade do cliente também contam. "Mulheres não deveriam comer testículos", Lucy diz. "Os hormônios podem dar a elas uma voz mais grossa e barba." Pênis, por outro lado, são totalmente seguros, e de fato, são até mesmo "bons para a pele", ela diz.

(Pênis supostamente fazem bem à pele.)

Crianças abaixo de 15 anos não são permitidas no restaurante de pênis; dizem que os hormônios interferem no crescimento natural. Todos os consumidores sentam em cabines, e a maioria deles são casais mais velhos ou grupos só de homens. "Muitos clientes são homens de negócio se encontrando com clientes", Lucy diz. "Eles pedem os pratos mais caros - as empresas deles é que pagam."

Osso de pênis de cachorro com uma cereja em cima

Uma garçonete com calças listradas e jaqueta preta põe um pote com caldo em cima de um pequeno fogão elétrico. Então Lucy traz uma travessa de vidro com partes sexuais cruas de bovinos e cachorros, belamente dispostas num arranjo de alface. Uma protuberância óssea do tamanho de um dedo se destaca no vidro no meio do prato. Há uma cereja decorativa no topo. "Cães são os únicos animais que têm um osso no pênis", Lucy explica aos convidados, apontando para o pequeno corte ao lado da uretra.

(Prato com pênis de bois e cachorros - e notem a cereja em cima.)

Pênis de bois são cortados ao lado e postos em pquenas estrelas. Lucy usa pauzinhos de madeira para colocar cada um deles no pote com o caldo. Então a carne é mergulhada em soja - ou molho quente. A consistência e gosto é um pouco parecido com um pedaço amargo de lula.

(Pênis de bois ajudam a masculinidade: eles são cortados de lado em forma de estrela.)

O segundo prato, chamado de "Chicote do Henry", é muito mais delicado e doce. É pênis de carneiro num palito, coberto com maionese e queijo doce. É chamado de "Henry" porque é preparado em estilo ocidental, diz Lucy.

(O "Chicote do Henry")

Algumas das especiarias são caras: um pênis de iaque custa cerca de 179 euros (cerca de 465 reais), enquanto que um prato quente com 10 diferentes seleções de pênis e testículos, servidos num atrativo prato-torre de quatro lados, com pequenas estátuas de animais, irá lhe custar 89 euros (cerca de 230 reais). Para paladares refinados, o menu também oferece fetos de veados e carneiros, por 36 e 9 euros, respectivamente.

Mas isso é apenas uma pequena amostra do que o gerente do restaurante, Chen Jianguo, diz ter para oferecer. "Para convidados especias há um menu especial", ele diz. Alguns connoisseurs (conhecedores) dizem que até mesmo pênis de espécies ameaçadas podem ser encontradas. Mas para ter um pedaço delas, você terá que preencher uma ficha de aplicação especial, para obter um cartão prata, ouro ou platina, e pagar mais de 905 euros (cerca de 2355 reais).

(Um pênis de burro, servido num arranjo com alface.)

Ao final da refeição, Lucy entrega uma pequena caixa vermelha, com fitas em cima. Dentro, está o osso do pênis do cachorro. É uma lembrança, ela diz, e supostamente traz sorte e protege quem o carrega contra "influências nocivas".

Mas e quanto aos riscos e efeitos colaterais da própria comida? O seu pulso realmente estará mais rápido ao sair do restaurante, ou é apenas a sua imaginação? E os pontos no seu braço estavam lá antes?

"Eu acho que a minha voz está ficando lentamente mais grossa", diz Zhaoran.

Galeria com todas as fotos da matéria aqui.

/******************************************************************

Com certeza chineses comem coisas estranhas, mas certas esquisitices não são exclusividades deles. Por exemplo, eu lembro que um tio meu, fazendeiro, comia testículos de bois... E isso era coisa até comum, na região. Bem, eu nunca provei... =P

Via Sex and Blogs.

2008-04-24

Tudo o que acontece no busão

Excelente vídeo, mostrando algumas das situações que nós, pobres usuários do transporte coletivo, passamos.

Eu particularmente só não presenciei ainda nenhum pastor nos ônibus daqui de Florianópolis. De resto, já passei por todas as situações. Veja e ria (ou chore):



O pastor não é o mesmo cara que vomita? É, a palavra de Deus pode ser indigesta...

E falando nisso, sim, eu já presenciei um vomitão dentro do ônibus. Era uma criança, e estava sentada logo atrás de mim, no fundo do ônibus. O pirralho vomitou no chão, e eu tive que aguentar aquele cheiro infeliz azedo por algum tempo. Ainda bem que depois de alguns pontos, o ônibus deu uma esvaziada e eu pude mudar de lugar, porque senão ia ter mais um vômito pra fazer companhia.

Apesar de tudo, deu mesmo é pena da criança. Não bastando estar sentindo mal, o pequeno infeliz ainda levou umas belas broncas dos pais.

Vi esse vídeo neste post do Bomba Digital.

Roupas de balões

Essa piada já tá ficando velha, mas se alguém ainda não viu o novo integrante brazuca em Lost:

(Se você não assiste TV, nem lê jornal e não sabe do que se trata, leia aqui no Mundo Gump a explicação.)

Bem, se um dia o padre-maluco-voador voltar da ilha de Lost, quem sabe na próxima burrada/estupidez, ops, aventura, ele não se anima a usar algumas dessas roupas compostas de balões?


(OK, padre não usa vestido, mas batina... Só algumas poucas alterações.)

(Chamativo demais? Mas a intenção dele era mesmo chamar a atenção...)

(Padre voador, borboletinhas...)

(Esse ficou legal, hein? Nada a ver com o padre, mas é bem bacana, e o Calvin iria adorar.)

Mais fotos de roupas feitas com bexigas (ou balões), no Damn Cool Pics.

2008-04-23

Dicas para subir na carreira - by Max Gehringer

Transcrição dos comentários do Max Gehringer para CBN do dia 23/04/2008, cujo áudio está disponível no neste link para o site da CBN.

Dicas para subir na carreira

Consulta de um ouvinte que quer subir na carreira: "Por que é tão difícil dar um salto para um cargo de chefia? Faz cinco anos que estou tentando e não consigo. Sou elogiado, meu trabalho é reconhecido, mas na hora de uma promoção, nem sou convidado a entrar na fila de pretendentes. O que está me faltando?"

Boa pergunta. Para quem olha a situação de baixo para cima, os candidatos naturais a uma promoção deveriam ser aqueles que têm mais tempo de casa ou aqueles que apresentam os melhores resultados práticos. Quando isso não acontece, fica aquela impressão de que o promovido é protegido de alguém. Sem dúvida, antiguidade e resultados são levados em consideração, mas são apenas dois dos itens avaliados, de um total de cinco.

O terceiro é a capacidade de liderança. Não a liderança no sentido de mandar, mas de convencer. O líder entre colegas ainda não tem o cargo, mas já ganhou o respeito. Ele é o primeiro a ser consultado pelos colegas quando surge alguma situação nova, e na maioria dos casos, as suas opiniões são ouvidas e as suas sugestões são acatadas. Isso significa que ao ser promovido, ele terá pouca ou nenhuma oposição.

O quarto item é entender e defender o ponto de vista da empresa. Pessoas que ou reclamam muito ou se mantém caladas, dificilmente são promovidas. Pessoas que entendem porque uma decisão foi tomada, mesmo não gostando dela, demonstram que poderão tomar decisões semelhantes quando tiverem cargos de chefia.

E o quinto item é a personalidade. Mostrar que tem opinião própria é bom, discutir com o chefe é saudável, mas perceber o momento em que a opinião do chefe prevalece é essencial. Em outras palavras, esticar a corda da hierarquia, mas nunca permitir que ela arrebente.

E último conselho: é prestar atenção as pessoas que foram promovidas recentemente. O que a empresa viu nelas é o que a empresa verá nos futuros promovidos.

Max Gehringer, para CBN.


/*************************************************

Infelizmente, a empresa em que eu trabalho é peculiar, ou seja, apesar de eu não ser servidor público, algumas das restrições se aplicam (mas não temos as vantagens destes). Isso quer dizer que a admissão é feita via concurso público, e praticamente não temos mobilidade em termos de carreira (por exemplo, se você entrou engraxate, vai morrer engraxate lá dentro, a não ser que faça outro concurso). Nestes casos, esqueça tudo o que foi dito pelo Mr. Max: o único item que importa é ser bom de política (não necessariamente no sentido pejorativo que 'política' adquiriu).

2008-04-21

Jessica Rabbit de verdade - ou seria a Angelina Jolie disfarçada?

O cara do pixeloo, o maluco que fez o Homer Simpson real, e o Mário real, desta vez fez a Jessica Rabbit. E melhor ainda, postou um vídeo com parte do processo. Olhem como ficou:



No vídeo, ele mostra como se baseou na Angelina Jolie pra fazer a Jessica Rabbit 'realística'. Escolha acertada, já que quem mais se aproxima mesmo daquele furacão Jessica Rabbit no imaginário popular é mesma a heroína do Tomb Raider.



Uma hora de trabalho duro condensado em 10 minutos ;P

E pra quem ainda não viu o Mário e o Homer, aqui estão eles:




Post original da Jessica Rabbit untooned.

Também não aguento mais cães

Com esta, também vou dar uma parada nestas fotos de cachorrinhos.

(Uma cama ecológica.)

(Treinando pra luta.)

(Uma esmolinha, por favor.)

(Dança louca.)

(São Silvestre canina.)

(Linguarudo.)

(Cãogelado.)

(Cãogelado pulando.)

(Eu não fui feito pra ser travesseiro.)

(Tô com inveja desse cachorro.)

(Use sempre o cinto!)

(É pra me localizarem sempre.)

(Já que hoje é feriado...)

(Eu não disse que essas toucas estavam na moda?)

(Se sujarmos, limpamos.)

(Atrás das grades.)

(Não somos irmãos.)

(Pobre cachorrinho...)

(Tomando banho.)

(Eu também.)

(Essa é a minha banheira e o meu chuveiro.)

(Brrrr...)

(Uma bela escova pra ficar bonitinho.)

(Quem não tem banheira, improvisa.)

(Bléééh =P)

(Esse vai pra série Como óculos afetam sua imagem.)
Blog Widget by LinkWithin